O sene (Senna Alexandria ou Cassia Angustifolia), ou também conhecido como sena, cássia, cene, lava-pratos e mamangá, é uma planta medicinal bastante usada para auxiliar na melhora do hábito intestinal.

O chá é uma ótima opção para se consumir o sene, mas também pode ser encontrado na forma de cápsulas, sendo de mais fácil consumo. Pode ser encontrado em lojas de produtos naturais e em farmácias de manipulação.

– Melhora do hábito intestinal

Possui propriedades laxativas que ajudam intestinos preguiçosos a funcionarem adequadamente, deixando as fezes mais amolecidas e facilitando no momento da evacuação.

Isso acontece porque possui substâncias que estimulam a contração do intestino, auxiliando no processo de evacuação. Além disso, possui uma fibra chamada mucilagem, que absorve a água do intestino, deixando as fezes mais macias.

Estudos mostraram que em pacientes com câncer, que utilizam altas quantidades de remédios para dor, o sene teve eficácia igual e segura como substituto do laxante lactulose.

Entretanto, para que o sene possa ajudar na melhora do hábito intestinal é necessário um consumo adequado de água, pois ao contrário pode piorar o funcionamento intestinal.

– Ajuda no emagrecimento?

            Apesar se der frequentemente utilizado com a finalidade de emagrecimento, o sene ou o seu chá não possui nenhum estudo que mostre efeito.

            Devido ao seu efeito laxativo, aumentando a frequência das evacuações, pode auxiliar a reduzir a retenção de líquidos e evitar a distensão abdominal provocada pelo intestino presso.

– Efeitos colaterais

            Apesar de ser uma planta medicinal, o seu consumo deve ser acompanho por um médico ou nutricionista especializado em fitoterapia, fitoterapeuta ou naturopata, pois pode provocar irritação no intestino.

Quando consumida em excesso pode causar alterações na microbiota intestinal, cólicas muito fortes, aumentar as chances de câncer de colo retal, sensação de barriga inchada, aumento dos gases, vômito, diarreia, aumento do fluxo menstrual, queda de cálcio ou potássio sanguíneo e má absorção intestinal dos nutrientes.

– Contra indicado

            É contra indicado em casos de alergia ou sensibilidade ao sene, gravidez, lactação, crianças, pessoas com oclusão intestinal ou dor de estômago sem diagnóstico.

            Além disso, não é indicado também para pessoas que tomem remédios para o coração, laxantes, cortisona ou diuréticos, podendo reduzir ou potencializar o seu efeito.

– Referências

Morales MA, Hernández D, Bustamante S, Bachiller I, Rojas A. Is senna laxative use associated to cathartic colon, genotoxicity, or carcinogenicity?. J Toxicol. 2009;2009:287247. doi:10.1155/2009/287247

Ulbricht, C., Conquer, J., Costa, D., Hamilton, W., Higdon, E. R. B., Isaac, R., … Varghese, M. (2011). An Evidence-Based Systematic Review of Senna (Cassia senna) by the Natural Standard Research Collaboration. Journal of Dietary Supplements, 8(2), 189–238. doi:10.3109/19390211.2011.573186 

Caroline Leite Constantino

Nutricionista especializada em Nutrição Clínica

CRN 3 50051