Adolescentes acima do peso ou mesmo com obesidade deve seguir métodos um pouco diferentes para perder peso. Veja como emagrecer na adolescência.

O sobrepeso e a obesidade não são males que atingem apenas os adultos. É uma pena, mas tanto crianças quanto adolescentes também estão, cada vez mais, acima do peso.

A causa é óbvia. O excesso de peso é provocado pelos maus hábitos alimentares que adquirimos ainda criança.

É mui comum os adultos repetirem com seus filhos os mesmos erros alimentares que praticam.

Por exemplo, o açúcar é introduzido na dieta das crianças ainda bebês, a partir de 1 ano de idade e a mesma coisa ocorre com a farinha de trigo refinada, alimentos industrializados em geral e fast food.

Sem dúvida, as bebidas açucaradas como sucos e refrigerantes contribuem bastante para o excesso de peso.

 Mas o que fazer quando um adolescente está pesando mais do que deveria pesar? É possível seguir as mesmas regras usadas em relação aos adultos?

Bem, algumas regras sim, devem ser utilizadas. Por exemplo, manter uma alimentação saudável e balanceada e praticar atividades físicas.

Por outro lado, existem algumas coisas que não devem ser feitas na tentativa de emagrecer na adolescência.

Uma delas é tomar remédios para emagrecer, como a sibutramina e as anfetaminas.

Segundo médicos especialistas, no caso endocrinologistas, os remédios emagrecedores só podem ser prescritos a um adolescente em último caso.

Ou seja, quando já foi feita uma dieta especifica e quando o paciente saiu do sedentarismo e mesmo assim não conseguiu emagrecer.

Mas não é apenas isso, além de estar com sobrepeso o adolescente deve estar com risco de doença que tenha relação com o sobrepeso.

Os riscos dos Remédios Emagrecedores em Adolescentes

Um dos motivos para isso é que o corpo nessa faixa etária passa por diversas transformações e fica difícil prever quais serão as reações. Certamente ocorrem de forma bem mais grave.

O fato é que quase sempre, estes medicamentos são testados apenas em adultos.

Por isso, não temos como definir um nível de segurança no organismo de um adolescente.

Então, qual seria a solução para emagrecer na adolescência? Vejamos a resposta a seguir.

Emagrecer na Adolescência – 7 Passos Simples e Eficientes

1.   Procure um Endocrinologista

A primeira coisa a se fazer quando há excesso de peso nessa fase é descobrir o que pode estar causando o problema.

Por certo, o mais provável é que seja má alimentação, mas é sempre bom afastar outras possíveis causas.

Desse modo, procure um médico endocrinologista, pois o mesmo solicitará alguns exames que atestarão se o existe algum problema hormonal ou de outra esfera que possa estar causando o sobrepeso.

Normalmente, é nessa fase que devemos procurara esse profissional pela primeira vez.

2.   Procure um Nutricionista

Após se consultar com o endocrinologista e afastar quaisquer possibilidades de doenças, é preciso organizar a alimentação do paciente.

O nutricionista, de posse dos exames feitos anteriormente, desenvolverá uma dieta personalizada para o adolescente com o objetivo de torna-lo mais saudável e ocasionar o emagrecimento.

Muita gente acredita que dieta é tudo igual e que o que funciona com um funciona com todos.

Contudo, não é assim que as coisas funcionam. Cada organismo funciona de uma maneira e possui suas limitações e necessidades.

Por isso, é de fundamental importância visitar um nutricionista e regular a alimentação para emagrecer na adolescência.

3.   A Família Precisa Ajudar

Imagine só o quanto é difícil rever os velhos hábitos alimentares e começar a comer de forma saudável.

Agora, reflita todo esse processo sendo encarado por uma pessoa na adolescência.

Para que tudo dê certo, a família inteira precisa entrara na dança e começar a comer alimentos naturais. A dica é determinar uma dieta balanceada para todos.

4.   Não Faça Comida Separada

Algo muito importante é não segregar o adolescente para que ele não se sinta mal e deslocado.

Imagina bem a tortura que é alguém tentando emagrecer, mudando a alimentação e tendo que se sentar à mesa com um monte de pessoas comendo uma comida diferente.

Não é fácil ter que encarar um prato de vegetais com alguém ao seu lado se esbaldando com uma lasanha.

Sendo assim, procure receitas diferentes que sejam ao mesmo tempo saborosas e saudáveis e sirva a todos.

5.   Cuidado na Hora Das Compras

A maneira mais eficiente de levar uma alimentação saudável é comprando apenas alimentos saudáveis.

Assim, ninguém de casa vai se deparar com uma torta de chocolate deliciosa e irresistível na geladeira quando for pegar uma maçã.

Faça uma lista antes de ir ao mercado e compre apenas o necessário para fazer seus pratos.

6.   Comer Sempre em Casa

Enfim, para emagrecer na adolescência é necessário deixar de comer na rua, o que é bem difícil nessa idade.

As lanchonetes, restaurantes, carrinhos de comida sempre vendem coisas que são muito calóricas, então a única saída é sair sempre com a barriga cheia.

7.   Remédios Naturais

Enfim, é possível otimizar o processo de emagrecimento utilizando chás termogênicos.

Eles ajudam a acelerar o metabolismo e aumentam a queima de calorias.

Estas são dicas simples para emagrecer na adolescência sem colocar a saúde em risco, mas lembre-se de que praticar atividades físicas é fundamental.