Folhas de hortelã em um pote branco, sobre uma mesa branca.

            Oi pessoal, tudo bem? Neste artigo, vou abordar um pouco sobre a hortelã, aquela erva maravilhosa que, quando colocamos no suco de abacaxi, dá uma refrescância incrível!

Mas, será que ela realmente é boa e ajuda no processo de emagrecimento? Um estudo feito por RIBEIRO e colaboradores (2014) aponta que ela auxilia sim e muito mais, como em dores em geral, tosses, gripes e muito mais!.

Por muito tempo ela foi utilizada na medicina para aliviar os excessos alimentares, sendo excelente para o sistema gastrointestinal e um poderoso diurético.

Se você tem o objetivo de emagrecer, se livrar das dores inflamatórias e ter um bom funcionamento gastrointestinal, essa planta medicinal tem que fazer parte da sua rotina!

Quer saber mais sobre os benefícios, como preparar os chás de hortelã, todos os cuidados que precisa ter e muito mais? É só dar continuidade à leitura. Vamos lá?

Hortelã

            A hortelã é uma erva aromática que pode ser utilizada tanto na culinária quanto para fins medicinais. Seu gostinho se popularizou, tanto que confere o sabor de muitas balas, chicletes e até de medicamentos no mundo todo!

Além disso, a hortelã confere profundos efeitos em funções cognitivas, por isso seu óleo essencial é tão importante para a saúde.

Ela possui mais de 50 espécies conhecidas, que agem muito bem nos tratos gastrointestinal e respiratório. Suas propriedades possuem função antisséptica, anestésica, anti-inflamatória, antiespasmódica, antioxidante, anti-parasitária, antibacteriana, antifúngica, afrodisíaca e possui excelentes vitaminas (A, B2, B6, B9 C, E e K), óleos essenciais (mentol, mentona e limoneno), fibras e minerais (cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, sódio e zinco).

            Segundo a  Escola Paulista de Medicina (EPM – UNIFESP), 100 g de hortelã fresca contém:

HortelãUnidade100 g1 folha1 colher de sopa (11.40 g)
Águag85.550.269.75
Valor EnergéticoKcal4405
Proteínag3.290.010.38
Gorduras Totaisg0.7300.08
Carboidratos (por diferença)g8.410.030.96
Fibra Alimentarg6.800.8  

Não confunda hortelã com menta

Se você confunde a hortelã com a menta, tenho uma notícia: elas são plantas da mesma família (Lamiaceae) e do gênero Mentha, mas não são a mesma coisa. Para você não confundir mais, aí vai seu nome científico: Mentha sp. Outras curiosidades das diferenças entre a hortelã e menta são:

Benefícios do chá de horatelã

           

O chá de hortelã é um excelente combatedor das náuseas e é utilizado em seu tratamento. Além do seu frescor e sabor gostoso, as propriedades terapêuticas do chá dessa erva são grandes aliados da saúde. Por ser rica em antioxidantes, a hortelã protege as células do nosso corpo contra o envelhecimento precoce e contra doenças ou danos causados pelos radicais livres. Além disso, um chá de hortelã pouco tempo antes de dormir, auxilia em uma noite de sono mais tranquila e profunda, especialmente quando combinado com outras ervas calmantes como a camomila ou lavanda.
Este chá é incrível para quem tem problemas de digestão! Há até trabalhos publicados pelo Ministério da Saúde indicando seus benefícios e propriedades curativas. Como é antiespasmódica, o chá de hortelã auxilia nos espasmos do intestino e estômago, inclusive quando se trata da Síndrome do Intestino Irritável e problemas de gastrite, combatendo o inchaço e flatulências. Graças às propriedades espasmódicas que agem sobre o estômago, o chá de hortelã consegue controlar e amenizar problemas como náuseas e vômito. Para isso, basta beber até duas xícaras de chá por dia. Veja outros benefícios do chá de hortelã:

Homem medindo a circunferência da sua barriga com uma fita métrica.
Imagem de Michal Jarmoluk por Pixabay

Hortelã emagrece?

            Como vimos no tópico anterior, a hortelã auxilia no processo de emagrecimento, pois melhora o fluxo da bile.

Além disso, a hortelã tem propriedades calmantes e ansiolíticas, diminuindo assim o estresse passado no dia a dia. Vocês já devem saber que, quando estamos estressados, produzimos muito cortisol, que é mais conhecido como “hormônio do estresse”.

Quando ele está aumentado, prejudica o metabolismo do organismo e a queima de gorduras e é aí que a hortelã age, diminuindo a produção do mesmo e te deixando mais calma.

Essa erva é uma ótima estimuladora, auxiliando aqueles que possuem fadiga excessiva a conseguir praticar exercícios e fazer as tarefas diárias, pois deixa o cérebro funcionando em alta intensidade.

Ela também faz com que os movimentos peristálticos (intestino e estômago) sejam mais saudáveis, prevenindo a indigestão, o inchaço e a produção excessiva de gases. Por conter grandes quantidades de fibras, ela auxilia no processo de emagrecimento e mantém o corpo funcionando.

Por último, ela é um excelente diurético. Vocês sabem que, quando o corpo está inchado por causa da retenção de líquido, nosso peso aumenta, correto? Portanto, você pode utilizar a hortelã como uma aliada em seu processo de emagrecimento.

Ela com certeza irá ajudar! Mas lembre-se: você emagrece quando há a junção de uma alimentação mais saudável e a prática de exercícios. Se não houver isso em sua rotina, de nada adianta tomar um monte de chá de hortelã não, viu?!

Como tomar chá de hortelã?

Como vimos, o chá de hortelã é muito benéfico à saúde e pode ser utilizado para um monte de situações diferentes. Sua ingestão depende do problema que o indivíduo quer combater. Por exemplo, caso o mesmo tenha problemas de digestão, ele pode tomar uma xícara do chá após as principais refeições. Para ajudar a acalmar, pode-se ingerir um litro do chá durante o dia (não todo de uma vez) durante três semanas. Para quem tem problemas de insônia ou não consegue ter uma noite de sono tão boa, pode tomar o chá de hortelã antes de dormir. Indivíduos que possuem problemas de náuseas e enjoos, podem se beneficiar do chá de duas xícaras e chá ao dia. Ademais, entre em contato com seu médico ou nutricionista e se informe dos melhores horários e momentos para se beneficiar do chá de hortelã.

Eu amo uma receitinha de chá de hortelã e faço muito em casa. Ela me auxilia quando tenho dores da fibromialgia ou estou gripada, por exemplo. Pegue papel e caneta ou prepare o print do celular para preparar o chá de hortelã aí em sua casa!

Receitas de chás de hortelã

Ingredientes:

Modo de preparo:

Sabemos que você vai querer tomar bastante chá de hortelã para emagrecer, quem nunca fez isso que atire a primeira pedra! A dica que dou é: vá com CALMA! Você viu que essa planta, quando ingerida em grandes quantidades, pode ser tóxica. Caso você tenha problemas no fígado ou renais, proponho que consuma outro tipo de chá para auxiliar em seu processo de emagrecimento. Não é necessário fazer e tomar mais do que os 500 mL de chá por dia (você pode beber durante o dia, sem problemas, não precisa consumir tudo de uma vez).

Caso esteja muito calor, você pode esperar esfriar e tomar. Se você não gosta de tomar chá sem aquele gostinho doce, pode colocar uma colher de chá de mel para adoçar, nada de açúcar! Se quiser potencializar o efeito do chá, pode adicionar gengibre e limão. Vou escrever a receita abaixo:

Chá de hortelã com gengibre

Ingredientes:

Modo de preparo:

Chá de hortelã com gengibre e canela para emagrecer

Ingredientes:

Modo de preparo:

Chá de hortelã para gripe e resfriado

Ingredientes:

Modo de preparo:

Chá de hortelã para dor de estômago e insônia

Ingredientes:

Modo de preparo:

Outras receitas com hortelã

Chá de hortelã para gripe e resfriado

Se você está achando que a hortelã só pode ser aproveitada em forma de chá para tratamentos de patologias e emagrecimento, está enganada (o)!  Veja outras receitas muito bacanas abaixo:

Suco verde com hortelã

Ingredientes:

Modo de preparo:

Suco detox vermelho com hortelã para desinchar

Ingredientes:

Modo de preparo:

Suco refrescante amarelo com hortelã

Ingredientes:

Modo de preparo:

Suco de hortelã

Ingredientes:

Modo de preparo:

Molho cremoso de hortelã

Ingredientes:

Modo de preparo:

Molho de hortelã para salada

Ingredientes:

Modo de preparo:

Mais utilizações do hortelã

Como escrevi acima, há outras utilizações da hortelã, como por exemplo em forma de óleo essencial, mas não é só isso! Você pode utilizar a hortelã para banhos e muito mais! Quer saber mais sobre isso? É só continuar acompanhando a leitura!

Utilizações 1

Utilizações 2

Utilizações 3

  1. Hortelã para bebês: a hortelã é uma erva muito popular no meio infantil, principalmente para acalmar os bebês. Lembrando que as doses devem ser muito baixas, entre 30 – 60 mL. Atenção! Quando se trata da saúde, precisamos de orientação médica, ainda mais quando se trata de bebês e crianças! Outros benefícios são para a digestão do bebê e resfriados, sendo uma maneira muito natural de tratar os dois. Evite bebidas prontas, faça o chá da folha natural ou seca;
  2. Hortelã para febre: a hortelã possui um óleo essencial chamado mentol, que auxilia no combate de infecções e febre. O mentol arrefece o corpo por dentro enquanto o chá provoca a sudorese, fazendo com que o suor provoque a queda da febre e diminuição dos sintomas causados por ela. Como vimos, podemos utilizar o óleo essencial de hortelã-pimenta com um pouco de óleo de coco para melhorar a hipertermia, principalmente do público infantil. Junto com outras ervas, podemos fazer um chá gostoso e eficiente de hortelã. Basta colocar 15 g de folhas de hortelã, 70 g de flores de tília, 10 g de rainha-dos-prados e 5 g de laranja amarga em 150 mL de água fervente, deixando repousar por 10 minutos. Depois é só coar e beber várias vezes por dia. Outro chá muito interessante é o de hortelã com flor de sabugueiro. Basta colocar 2 colheres de chá de gengibre, 1 colher de chá de folhas de hortelã e 1 colher de chá de flor de sabugueiro seca em 250 mL de água fervente e deixar em infusão por 10 minutos. Depois é só coar e beber. Você pode tomar esse chá até quatro vezes por dia. 

Contraindicação

            Segundo a EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), a hortelã é contraindicada para pessoas com cálculos biliares e sua essência não pode ser utilizada em bebês.

Ela também é contraindicada para grávidas, lactantes, anêmicos, crianças menores de dois anos e pessoas com hipersensibilidade à planta e hipersensibilidade à planta e seus óleos essenciais.

Sua contraindicação para grávidas se dá por causa da estimulação da contração uterina pela erva, podendo induzir abortos espontâneos, partos prematuros e até baixo peso do recém nascido. Outro fato é  que o chá de hortelã diminui a lactação (produção de leite), devendo ser evitado por grávidas e lactantes durante.

Efeitos colaterais

            A hortelã, caso seja utilizada em demasia ou em pessoas sensíveis, pode causar reações alérgicas e dermatites. Corroborando com isso, há um estudo da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ)e de ZENI e de colaboradores (2017).

Outros efeitos colaterais são irritações nas mucosas do estômago, enjoo, vômito, azia e sensação de má digestão, tudo isso quando utilizada em demasia.

Chá de hortelã

Duas xícaras de chá natural.
Imagem de congerdesign por Pixabay

Conclusão

            A hortelã é uma ótima aliada no processo de emagrecimento, principalmente se fizer uso da mesma em conjunto com reeducação alimentar e prática de exercícios. Seu uso deve ser feito com parcimônia, pois, se ingerida em grandes quantidades, pode ser tóxica para o indivíduo.

Além de emagrecer, essa erva possui grandes propriedades anti-inflamatórias, antissépticas, antioxidantes, fibras e nutrientes que fazem bem ao nosso organismo. Grávidas e lactantes não podem fazer o uso do seu chá, mas o mesmo pode ser utilizado por casais inférteis que têm o sonho de engravidar. Por suas propriedades, o hortelã pode auxiliar na hipertermia, diminuindo os sintomas e a mesma, bem como problemas no estômago, digestivos, renais e até mesmo de cabelo! Espero que vocês tenham gostado do conteúdo. Até a próxima!

Fontes

  1. https://www.scielo.br/pdf/rbpm/v16n4/a18v16n4.pdf
  2. https://static.scielo.org/scielobooks/xf7vy/pdf/almeida-9788523212162.pdf
  3. https://www.scielo.br/pdf/rbpm/v18n2/1516-0572-rbpm-18-2-0547.pdf
  4. https://tabnut.dis.epm.br/index.php/alimento/02065/hortela-fresco
  5. https://repositorio.unesp.br/handle/11449/108581
  6. https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/100662/1/folder-hortela-pimenta.pdf
  7. https://www.scielosp.org/article/csc/2017.v22n8/2703-2712/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.