Maca peruana em raiz e em pó

A maca peruana (Lepidium meyenii walper) é uma raiz conhecida popularmente como “Viagra dos Incas” devido a sua possível atividade afrodisíaca, que teria ação de aumento do desejo sexual.

            O seu nome popular é decorrente de uma lenda, onde um imperador inca adicionou a raiz na alimentação de soldados para garantir energia. Entretanto, ele se arrependeu.

Apesar das vitórias conquistadas, o desejo sexual dos soldados ficou maior e incontrolável. 

– Aumento da libido

            Apesar da lenda, ainda não existe uma comprovação cientifica que mostra os mecanismos de ação detalhados.

Mas sabe-se que a raiz auxilia no equilíbrio de hormônios no organismo, como a testosterona, estrogênio e progesterona.

            Estudos simples em homens mostraram o aumento da quantidade de espermatozoides sem indicar o motivo desse aumento.

E, também, melhora no desempenho sexual de homens com disfunção erétil leve.

Entretanto, estudos em ratos foram mais além, mostrando aumento da quantidade de espermatozoides devido a aumento da produção diária e efeito protetor a substâncias nocivas.

– Controle da diabetes

            Devido a sua quantidade de fibras, a maca peruana diminui a absorção de glicose.

Estudos desenvolvidos em ratos mostraram que o seu consumo reduziu os níveis de glicemia no sangue e aumentou os níveis de insulina.

            Além disso, os ratos diabéticos também tiveram melhor cicatrização quando ocorreu a suplementação, importante problema para diabéticos que possuem o processo de cicatrização mais lento.

– Maca peruana Emagrece?

            Como a maca peruana é fonte de fibras pode contribuir para aumento da saciedade, diminuindo assim o volume de alimentos a serem consumidos. Entretanto, existem poucos estudos científicos que comprovem esse benefício.

– Melhora da depressão

            O consumo regular pode reduzir a ansiedade e sintomas de depressão, principalmente em mulheres que estão na menopausa.

Isso pode ocorrer devido a ser uma raiz rica em flavonoides, que geram maior sensação de disposição e Ânimo.

– Como consumir

Embalagem e cápsulas da Maca Peruana

Atualmente é difícil encontrar a maca peruana fresca para consumo no Brasil, pois normalmente ela é processada no Peru e enviada na forma de pó para os outros países.

Devido a isso existe 2 formas de mais comuns de consumo, sendo em cápsula ou em pó.

A versão em pó é possível adicionar em várias preparações, podendo ser misturada em bebidas, cereais, farinhas, sopas, purês, entre outros.

– Contra indicação

            É contra indicada para gestante e lactantes, pois ainda não possui comprovação cientifica da sua segurança para essa população.

Além disso, pessoas com doenças hormonais e câncer devem ter cuidado ao consumi-lo.

            Todavia é importante buscar o aconselhamento de um médico ou nutricionista para verificar se você pode consumir e qual a quantidade indicada.

– Referências

RODRIGO, María Elena et al. Disminución del daño oxidativo y efecto hipoglicemiante de la maca (Lepidium meyenii Walp) en ratas con diabetes inducida por streptozotocina. In: Anales de la Facultad de Medicina. UNMSM. Facultad de Medicina, 2011. p. 7-11.

BRAMARA, B. V. B. et al. Hydroalcoholic extract from Lepidium meyenii (Black Maca) root exerts wound healing activity in Streptozotocin-induced diabetic rats. Wound Medicine, v. 19, p. 75-81, 2017.

ZENICO, T. et al. Subjective effects of Lepidium meyenii (Maca) extract on well-being and sexual performances in patients with mild erectile dysfunction: a randomised, double-blind clinical trial. Andrologia, Forli, v. 41, p. 95-99, 2009. Disponível em: https://pdfs.nutramedix.ec/Lepidium%20meyenii%20-%20ED.pdf. Acesso em: 20 set. 2020.