Planta e óleo de cártamo

            O óleo de cártamo é extraído das sementes da planta Carthamus Ttinctorius I., popularmente conhecida como cártamo ou falso açafrão.

Natural da Índia e da família do girassol, a suplementação com óleo de cártamo pode trazer vários benefícios para a saúde.

É possível ser encontrado através de cápsulas e de extrato do óleo. Devido ao seu sabor neutro pode ser utilizado para temperar alimentos frios.

– Óleo de cártamo Emagrece?

            Estudo desenvolvido pela Universidade Regional de Blumenau mostrou que a suplementação com óleo de cártamo, em mulheres com sobrepeso e praticantes de atividade física, reduziu a circunferência abdominal.

            Esse efeito pode ser decorrente do aumento do hormônio adiponectina, responsável pela queima de gordura.

            Além disso, outro fator que auxilia no emagrecimento é o aumento da saciedade, através do retardo no esvaziamento gástrico, reduzindo assim a quantidade da ingestão alimentar ao longo do dia.

– Aumento da massa muscular

            Diferente de outras suplementações com a finalidade de emagrecimento, o óleo de cártamo mostrou aumento da massa magra através do auxílio na produção e utilização de energia, potencializando os treinos mais intensos e combatendo o catabolismo após os exercícios.

            Outro fator é o estímulo na recuperação dos tecidos musculares após o exercício, importante fator para quem está em busca de aumento de musculatura.

– Controle da diabetes

            Estudos mostraram que a suplementação do óleo de cártamo melhora os níveis de glicemia em jejum de indivíduos com diabetes tipo 2.

Isso acontece devido a sua ação no estímulo da secreção de insulina, aumento da sensibilidade à insulina e sinalização celular.

– Melhora da saúde cardiovascular

Óleo de cártamo e sua planta

            O óleo de cártamo além de reduzir as concentrações sanguíneas de colesterol total, LDL e triglicerídeos, também aumenta o HDL.

A suplementação durante 9 semanas pode reduzir de 12 a 20% do colesterol LDL.

            O seu consumo regular previne coágulos no sangue, que podem ocasionar ataque cardíaco e acidente vascular cerebral, e relaxa os vasos sanguíneos, reduzindo a pressão.

– Contra indicação

            Não é indicado para grávidas, lactantes e crianças devido à falta de estudos que comprovem a sua segurança.

É contra indicado também para indivíduos com síndro metabólica, pois estudos mostram que houve aumento de colesterol e LDL.

O seu consumo em excesso pode causar resistências a insulina, e consequentemente aumento da glicose no sangue.

Além disso, o óleo de cártamo é rico em ômega 6 e em excesso aumenta o risco de doenças cardiovasculares, câncer, artrite e depressão.

Por isso, antes de realizar a suplementação é necessário procurar auxílio de um nutricionista ou médico para verificar se você se beneficia dessa suplementação e qual a dose ideal a ser consumida.

– Referências

SCHULZE, Bn; SCHULTZ, C; ULBRICH, Az; BERTIN, Rl. Efeito da Suplementação de Óleo de Cártamo sobre o Perfil Antropométrico e Lipídico de Mulheres com Excesso de Peso Praticantes de Exercício Físico. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, [S.L.], v. 18, n. 4, p. 89-96, 2014. Portal de Periodicos UFPB. http://dx.doi.org/10.4034/rbcs.2014.18.s4.12.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Desmistificando dúvidas sobre alimentação e nutrição. Brasília, 2016. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Mariana_Menezes4/publication/304999542_Desmistificando_duvidas_sobre_alimentacao_e_nutricao_-_material_de_apoio_para_profissionais_de_saude/links/577e8a8308aed807ae7b1e24.pdf#page=65. Acesso em: 20 set. 2020.