O que é Ozempic?

Caixa e embalagem do remédio Ozempic

O Ozempic, cujo princípio ativo é a Semaglutida, é um medicamento usado no tratamento da Diabetes tipo 2 em pacientes que tem dificuldade de controle da glicemia (nível de açúcar no sangue) com outros tratamentos.

É utilizado em conjunto com dieta e exercícios adequados para o quadro clínico.

Pode ser utilizado como monoterapia (tratamento com apenas um medicamento) ou em associação com outros medicamentos para controle da glicemia.

Conhecido por outro nome? Marca…

A Semaglutida é produzida pelo laboratório Novo Nordisk, com o nome comercial Ozempic.

Não existe, até o momento, nenhuma apresentação genérica deste medicamento.

Pra que serve e quais os benefícios de Ozempic?

O Ozempic age aumentando a secreção de insulina, melhorando o metabolismo do açúcar.

Assim, ele melhora o controle da glicemia de pacientes com Diabetes tipo 2.

Ozempic Emagrece?

O Ozempic pode causar perda de peso, embora esta seja uma reação adversa, e não o objetivo do tratamento.

Ozempic Necessita de receita ou está proibido?

Não é necessária a apresentação de receita para comprar o Ozempic.

Entretanto, devido aos riscos envolvidos no tratamento, é recomendável o acompanhamento médico.

Ozempic é autorizado pela Anvisa?

Sim, o uso e a comercialização do Ozempic são autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Como Tomar o Ozempic?

Injeção do remédio Ozempic

O Ozempic é um medicamento injetável, que deve ser usado como uma injeção subcutânea.

Os melhores locais para aplicação são: parte anterior das coxas, a parte anterior da cintura (abdome) e a parte superior do braço.

A dose inicial é de 0,25mg, aplicado uma vez por semana, e a dose máxima é de 1mg, uma vez por semana.

A escolha da dose deve ser sempre feita pelo médico que acompanha o tratamento, de forma minimizar o risco de complicações.

Depois de aberto, deve ser descartado em até seis semanas, mesmo que ainda tenha alguma quantidade de medicamento na embalagem.

Efeitos Colaterais e Riscos do Uso de Ozempic

O Ozempic pode causar alguns efeitos indesejáveis, e os mais comuns são náuseas, vômitos e diarreia, que tendem a melhorar com o tempo, além de dor no local da aplicação e complicações da retinopatia diabética.

Pode causar também hipoglicemia (níveis baixos de açúcar no sangue), sintomas gástricos, sensação de tontura e cansaço, perda de apetite, perda de peso e aumento de enzimas pancreáticas.

Há relatos de casos de pancreatite (inflamação no pâncreas), embora sejam raros.

Contra indicações de Ozempic

O uso de Ozempic é contraindicado para pessoas com alergia a Semaglutida ou a qualquer componente da formulação.

O uso também não é recomendado em crianças e adolescentes com menos de 18 anos de idade, uma vez que a segurança e a eficácia ainda não foram comprovadas em estudos.

É contraindicado para mulheres grávidas ou que estejam tentando engravidar, pois não se sabe se o uso do Ozempic pode causar problemas no feto.

Da mesma forma, não é recomendado o uso durante a amamentação, pela falta de informações sobre excreção do medicamento no leite.

Apesar de ser um medicamento injetável para diabetes, Ozempic não é uma insulina, e assim, não deve ser utilizado por pessoas com Diabetes tipo 1.

Antes e depois do Ozempic (há estudos clínicos?)

Os estudos têm demonstrado que o Ozempic ajuda a manter níveis seguros de glicemia, além de reduzir risco cardiovascular em pacientes com Diabetes tipo 2.

Qual o preço médio do Ozempic?

O Ozempic pode ser encontrado por R$600, a embalagem com 1,5mL para doses de 0,25 e 0,5mg (com sistema de aplicação e 6 agulhas) e R$850, a embalagem com 3mL para doses de 1mg (com sistema de aplicação e 4 agulhas).