Embalagem do remédio Picolinato de Cromo

A busca por uma vida mais saudável, pela prevenção ou controle de doenças como diabetes e câncer e a constante “luta” com a balança faz o mercado de suplementos crescer mais a cada ano.

A indústria investe em pesquisas sobre nutrientes que naturalmente são encontrados nos alimentos, mas que quando utilizados como suplementos podem chegar a efeitos benéficos mais potentes.

                Esse é o caso do cromo, um mineral naturalmente presente em alguns alimentos, como nozes, castanhas, carnes, ovos, cenoura e brócolis.

No nosso organismo, o cromo atua regulando a ação da insulina – hormônio secretado pelo pâncreas que atua na absorção da glicose circulante na corrente sanguínea pelas nossas células.

A deficiência de cromo pode levar ao aumento da glicose no sangue, redução da saciedade e aumento na vontade de comer doces, o que pode levar ao aumento de peso e até mesmo no desenvolvimento de doenças como o diabetes tipo 2.1

Efeitos positivos do uso de picolinato de cromo no organismo

                Os suplementos de picolinato de cromo são muito utilizados por atletas, já que é capaz de otimizar o metabolismo das proteínas, levando a um aumento da massa muscular, combate a fadiga e prolonga os efeitos do treino.

Alguns estudos também apontaram que o uso do picolinato de cromo também é capaz de controlar os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue, prevenindo a formação de placas de gorduras nas artérias e reduzindo as chances de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.2

                Devido à função de regular a insulina no organismo, pesquisas apontam que pacientes portadores de diabetes poderiam se beneficiar da suplementação com picolinato de cromo, pois assim os níveis de glicose no sangue seriam mais bem captados pelas células.2,3

                O picolinato de cromo também parece estar associado à síntese de serotonina, um neurotransmissor que atua no cérebro e regula o sono, o humor e a sensação de bem-estar; dessa forma, a suplementação pode ser benéfica em indivíduos que apresentam distúrbios do sono ou depressão.

Picolinato de cromo Emagrece?

                Devido ao seu efeito regulador do apetite e redutor da vontade de comer doces, o picolinato de cromo pode ser um excelente auxiliar nos processos de emagrecimento, especialmente nos casos onde há episódios de compulsão alimentar.

Além disso, o picolinato de cromo também regula o metabolismo dos carboidratos, regulando os níveis de glicose no sangue e sua consequente utilização como fonte de energia, reduzindo as chances de acúmulo de gordura.

                O picolinato de cromo também atua fornecendo maior energia para a prática de atividades físicas, o que acelera o metabolismo e potencializa a queima de calorias, beneficiando uma perda de peso mais rápida.

                Sua atuação nos mecanismos que regulam a glicose no sangue e na redução do colesterol e triglicerídeos também traz benefícios especialmente para indivíduos obesos, já que nesses casos os riscos de aparecimento de diabetes e doenças cardiovasculares estão aumentados.

Existem efeitos colaterais ao uso de suplementos de picolinato de cromo?

Cápsulas do remédio Picolinato de Cromo

                Apesar do cromo ser um mineral naturalmente presente nos alimentos, o excesso pode causar alguns efeitos colaterais como dores de cabeça, enjoos, diarreia e alterações no humor.

Indivíduos que possuem doenças do sistema imunológico ou câncer devem sempre consultar o seu médico antes de iniciar a suplementação.

                Pessoas com diabetes devem sempre avaliar com o médico ou nutricionista o uso desse suplemento, já que devido a sua função de regular a insulina e a concentração da glicose circulante no sangue, podem ocorrer episódios de hipoglicemia.

Mulheres amamentando também devem consultar seu médico antes de iniciar a suplementação.

1 FARIA, S.F.N.; MOURA E LIMA, C.M.A. Suplementação De Picolinato De Cromo Em Pacientes Com Resistência À Insulina. Disponível em: https://repositorio.uniceub.br/jspui/bitstream/prefix/13495/1/21606982.pdf

2 MUÑOZ, E.L.; COLMAN, E.L.; Lucia López BLANCO, L.L. El Efecto Del Cromo En El Síndrome Metabólico. Facultad de Farmacia. Universidad Complutense de Madrid, 2016.

3 JERONIMO, D. P., DE MORAES, P. H. R., TERADA, M. M. da S., CARVALHO, C., & GERMANO, M. D. (2018). Efeitos da suplementação de picolinato de cromo sobre a concentração da glicemia plasmática durante exercício físico e em repouso. RBNE – Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 12(72), 406-411.