Os benefícios do Psyllium

semente de Psyllium

O Psyllium (Plantago psyllium L.) é extraído da casca da semente de uma planta que cresce espontaneamente nos solos áridos do Mediterrâneo.

Trata-se de um alimento funcional de acordo com a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que auxilia no tratamento de várias doenças, principalmente gastrointestinais.

Os seus benefícios são devido a ser rico em fibra, pois cada 100 g de possui 80 g de fibra solúvel.

– Doenças gastrointestinais

            É muito utilizado para melhora de sintomas relacionados a doenças gastrointestinais, como é o caso da síndrome do intestino irritado.

É um distúrbio caracterizado por episódios de desconforto abdominal, dor, diarreia e constipação.

Estudos indicaram que com uma dose de aproximadamente de 3 g, 3 vezes ao dia,   apresentou regulação intestinal.

Outra utilização é para indivíduos com constipação intestinal, pois em contato com líquido ele absorve e se expande, aumentando o seu volume e formando uma massa gelatinosa no intestino.

Devido a essa capacidade, aumenta o bolo fecal e estimula o peristaltismo intestinal, que acelera o tempo de evacuação.

Além disso, ajuda na limpeza da parede intestinal, transporta toxinas e resíduos através do colón, devido ao seu excelente efeito laxante, sem causar diarreia ou dores abdominais.

– Controle da glicemia

            Devido a sua quantidade de fibras ajuda a reduzir a velocidade em que os carboidratos são absorvidos, ocorrendo a absorção de forma lenta, evitando que ocorra picos de glicemia no sangue.

            Através dessa ação poupa a grande produção e liberação de insulina pelo pâncreas, o que poderia gerar a longo prazo o desenvolvimento de diabetes mellitus tipo 2.

            Estudos utilizando doses de 5 g ou mais conseguiram reduzir as concentrações de glicose no sangue e insulina após as refeições em indivíduos que já tinham ou não a diabetes.

Além disso, em diabéticos o uso prolongado tem a capacidade de reduzir a hemoglobina glicada e glicemia em jejum.

– Psyllium emagrece?

Psyllium em pó

Como já destacado a anteriormente, devido ao psyllium aumentar de volume com a absorção de líquidos causa efeito de saciedade prolongada, reduzindo o apetite não apenas na refeição que ele está inserido, mas também na refeição seguinte.

Alguns estudos indicam o consumo do psyllium 30 minutos antes da refeição, assim ele tem o seu aumento de volume no estomago e faz o indivíduo começar a refeição já sem fome.

Isso pode ser uma estratégia viável para quem come grandes quantidades nas refeições.

Entretanto deve sempre ser lembrado que ele é apenas um facilitador, pois o processo de emagrecimento é multifatorial, que deve englobar hábitos saudáveis como um todo (alimentação saudável, prática de atividade física, boa qualidade do sono).

– Tem contra indicação?

É contra indicado para indivíduos que possuem alergia ou intolerância ao psyllium.

Já em crianças, gestantes, indivíduos com doenças intestinais ou que utilizem medicamentos de uso contínuo, o seu consumo não é contra indicado, mas deve ser acompanhado por um médico ou nutricionista, para garantir a sua segurança.

Apesar de ser uma fibra natural o seu consumo em excesso ou o seu consumo sem a quantidade adequada de água pode causar sintomas, como constipação intestinal, dor abdominal e gases.

– Referências

CATARINA, Núcleo de Telessaúde Santa (org.). A fitoterapia pode ser uma opção terapêutica para obesidade? 2016. Disponível em: https://aps.bvs.br/aps/a-fitoterapia-pode-ser-uma-opcao-terapeutica-para-obesidade/. Acesso em: 10 set. 2020.

MELLO, Vanessa D. de; LAAKSONEN, David E.. Fibras na dieta: tendências atuais e benefícios à saúde na síndrome metabólica e no diabetes melito tipo 2. Arq Bras Endocrinol Metab, Kuopio, v. 5, n. 53, p. 509-518, 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/abem/v53n5/04.pdf. Acesso em: 10 set. 2020.