Saxenda: Medicamento de Obesidade – 32 Perguntas Respondidas.

Aline Dias Machado Guimarães  Farmacêutica

O que é o medicamento Saxenda?

O Saxenda é um medicamento injetável a base de liraglutida. O Saxenda age no organismo inibindo e reduzindo o apetite do paciente, fazendo com que o mesmo consuma menos calorias.

Qual o princípio ativo do Saxenda?

O princípio ativo do Saxenda é um medicamento chamado Liraglutida, que é comercializado apenas em forma injetável.

Para que serve o medicamento Saxenda?

O Saxenda serve como inibidor de apetite em dietas de restrição calórica e exercícios físicos em pessoas com índice de massa corpórea maior que 30, ou seja, obesos e pessoas com sobrepeso. Ele serve para auxiliar na perda de peso.

Para quem é indicado?

O Saxenda é indicado para pessoas que estejam acima do peso, no padrão de obesidade, obesidade mórbida e sobrepeso. Pessoas com índice de massa corporal acima de 30 ou que estejam sofrendo os danos físicos por doenças secundárias ao sobrepeso e obesidade.

Quem pode utilizar Saxenda?

O Saxenda só pode ser utilizado por pacientes que estejam obesos, com sobrepeso, com obesidade mórbida, e com o índice de massa corpórea maior que 30, ou ainda que estejam enfrentando os problemas secundários ao sobrepeso como hipertensão e diabetes.

Quem não pode usar o Saxenda?

O Saxenda não apresenta uma grande lista de contraindicação, não podendo ser usado por quem apresentar hipersensibilidade ou alergia a qualquer um dos componentes da fórmula e mulheres que estejam gestantes ou planejando engravidar.

Como usar Saxenda?

O Saxenda deve ser iniciado com uma dose pequena e ir aumentando gradualmente ou conforme orientação médica. A dose inicial é de 0,6mg uma vez ao dia por 1 semana. Passando para 1,2mg ao dia por 1 semana. 1,8mg ao dia na 3ª semana. 2,4mg ao dia na 4ª semana e 3,0mg ao dia da 5ª semana em diante.

Como aplicar Saxenda?

O Saxenda deve ser aplicado por via subcutânea em regiões como a parte de frente das coxas, parte da frente da cintura ou a parte superior dos braços.

Quais os benefícios do Saxenda?

O principal benefício do Saxenda é o fato dele reduzir bem o apetite, com isso ele faz o paciente consumir menos calorias e se sentir mais disposto a realizar exercícios físicos, consequentemente perdendo peso.

Saxenda emagrece quantos quilos?

Com o Saxenda é possível perder bastante peso num curto período de tempo. Em até 12 semanas de uso é possível perder até 5% do peso que se tinha no início do tratamento.

Qual a composição do Saxenda?

O Saxenda possui uma composição bem simples por ser injetável. Seu princípio ativo é a liraglutida e junto tem os componentes que tornam a solução injetável.

Qual a ação da substância?

A substância responsável pela ação do Saxenda é a liraglutida. A liraglutida é uma agonista dos receptores GLP-I, dessa forma ela se torna responsável por inibir o apetite, regular o apetite dos usuários de Saxenda, gerando uma menor ingestão de calorias, e causando a perda de peso por perda calórica.

Quais os efeitos colaterais do Saxenda?

Alguns pacientes apresentaram efeitos colaterais ao Saxenda, entre eles foram muito comuns nâuseas, vômitos, diarréia e constipação. Perda de apetite. Paladar alterado, hipoglicemia, vertigem. Entre as reações incomuns estão pulso acelerado, perda de líquido, indisposição. E reações raras estão função renal reduzida e insuficiência renal.

Quais as contraindicações do Saxenda?

O Saxenda possui poucas contraindicações, sendo elas que pessoas com hipersensibilidade ou alergia conhecida a qualquer um dos componentes da fórmula não devem usar esse medicamento. Diabéticos devem usar com cautela e orientação médica. Pacientes que estejam gestantes ou com intenção de engravidar não devem consumir esse medicamento.

Quais as precauções ao usar Saxenda?

As precauções para o uso do Saxenda são que, pacientes diabéticos não devem utilizar Saxenda no lugar da insulina. Pacientes com pancreatite ou com histórico de pancreatite não devem usar Saxenda. Crianças e adolescentes menores de 18 anos não devem utilizar esse medicamento por não haver estudos com essa faixa etária. Não utilizar caso utiliza algum medicamento a base de sulfonilureia (glimepirida, gliclazida, glipizida, glibenclamida) pois pode causar hipoglicemia, nesse caso o médico deve ser consultado para rever a dosagem dos medicamentos.

Quais reações adversas do Saxenda?

O Saxenda apresenta reações adversas como enjôo, vômitos e diarréia de uma maneira bem comum. De uma forma comum ele pode apresentar boca seca, vertigem, flatulência, problemas que afetam estômago e intestino, paladar alterado, cálculo biliar. De forma incomum pode apresentar desidratação, cálculo renal, alergia, indisposição e pulso acelerado. E de forma rara pode apresentar função renal reduzida e insuficiência renal.

Quais os efeitos indesejados do Saxenda?

Com o uso de Saxenda podem surgir efeitos indesejados como nâusea, vômito e diarréia. Também pode ocorrer boca seca, vertigem, dor de estômago, gases, paladar com gosto alterado, cálculos biliares e renais, alergias, e pode acontecer de afetar a função renal.

Superdosagem (O que pode acontecer? O que fazer se isso ocorrer?)

Com a superdosagem do Saxenda o paciente deve ser encaminhado ao pronto socorro imediatamente com a caixa do medicamento em mãos e o médico deve ser informado.

Interação Medicamentosa (Qual a precaução ao combinar com outros remédios?)

O Saxenda não deve ser misturado com sulfonilureias, que são medicamentos para baixar a glicemia do sangue como a gliclazida, glipizida, glimepirida e glibenclamida, pois ao utilizar com esses medicamentos pode ocorrer hipoglicemia em pacientes diabéticos, portanto só utilizar após o médico adequar as doses dos medicamentos.

Interação Alimentícia (Qual a precaução em combinar com alimentos?)

O Saxenda não apresenta interação com alimentos, porém seu uso deve ser evitado junto com bebidas alcoólicas por elas poderem causar hipoglicemias.

Quais os cuidados de armazenamento?

O Saxenda deve ser armazenado sob temperatura de 2°C a 8°C e deve ser mantido longe do congelador, ele não pode ser congelado. Após o primeiro uso, o Saxenda tem validade de 30 dias, se for armazenado na temperatura de 2°C a 8°C.

O Saxenda é liberado pela Anvisa?

O Saxenda é liberado pela ANVISA desde o ano de 2016.

Existe bula do Saxenda?

O Saxenda possui bula, e ela é fornecida pelo seu fabricante Novo Nordisk e também pode ser encontrada no site da Anvisa. A bula possui as informações de como o medicamento deve ser armazenado (em temperatura de 2°C a 8°C), seus principais efeitos adversos (nauseas, vômitos, boca seca, vertigem, hipoglicemias) e a forma como ele deve ser usado, de acordo com o fabricante.

Precisa de receita para comprar Saxenda?

O Saxenda não precisa de receita para ser comprado, porém seu uso deve ser feito com cautela e sob a orientação de um profissional.

Onde comprar Saxenda?

O Saxenda pode ser encontrado em drogarias em todo o país.

Qual o preço do Saxenda?

O preço do Saxenda pode variar de drogaria para drogaria, mas custa em média R$537,71 com 3 sistemas de aplicação.

Saxenda ou Victoza?

Qual empresa produz os dois medicamentos?

Tanto o medicamento Saxenda quanto o medicamento Victoza são produzidos pela mesma empresa, a Novo Nordisk.

Qual o princípio ativo dos dois?

O Saxenda e o Victoza possuem o mesmo princípio ativo, que é a liraglutida.

Eles possuem objetivos diferentes de tratamento?

Os dois agem da mesma forma, porém suas aplicações são diferentes, por isso seus efeitos podem ser diferenciados, porém são a mesma substância, vendida na mesma dose, o que muda é o marketing de cada um dos produtos.

O Victoza é considerado seguro?

Após os estudos feitos, o Victoza foi aprovado pela Anvisa e é vendido com segurança.

Quais doenças é arriscado adquirir com o uso de Victoza? [se usado para objetivo diferente para tratamento de diabetes]

Com o Victoza, durante os estudos, alguns camundongos adquiriram tumores não letais na tireóide, porém o mesmo efeito não foi observado em macacos e humanos.

Saxenda: antes e depois (há estudos clínicos?)

O Saxenda possui diversos estudos clínicos onde foram relatados que durante o seu uso, que deve durar até 12 semanas, o paciente consegue eliminar até 5% do seu peso corporal inicial, portanto os resultados foram satisfatórios no quesito de perda de peso.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.